domingo, 17 de junho de 2012

Drummond:

E a lua pousa
em teu rosto.

4 comentários:

  1. From Rose to Julie...25 de junho de 2012 16:24

    Porque as vezes você acha que está sozinha aqui:
    Depois de ler uma coisa assim, a gente não tem muito o que falar...
    Dizer que é lindo é redundância!
    Não tem como responder... Como melhorar...
    Pode ter certeza que tem muito mais gente aqui do que você pensa!
    Acontece...
    Que você nos deixa sem palavras...
    ;]

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Jess...
    Eu sempre acho que estou aqui sozinha. Rs. Também acho que seja um mecanismo de defesa meu. ;)

    E obrigada, viu?!
    Eu sei que você sempre passa por aqui. :)

    Beijos,
    Juliet!

    ResponderExcluir
  3. Exatamente! Falou tudo que eu sempre quis falar, mas não conseguia. Acompanho tuas escritas com tanta frequência que você nem imagina. Se deixo comentários? Sim, mas poucos, infelizmente. Por que deixou poucos? Ah... Se traz tantos sentimentos que fico perdida na hora que paro para escrever um comentário e, penso, por onde começar? Muitas vezes começo, tento, apago tudo, tento de novo, e apago, e leio outra vez, e deixo que mais sentimentos cheguem até a mim, e tento de novo e... nada. Poxa.
    Enfim, saiba de uma coisa: sozinha aqui você não está.
    Beijo, Milena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lary,

      Muito obrigada, viu?!
      É muito bom saber que você se identifica com o que posto.
      Você é sempre bem-vinda por aqui.

      Beijos!

      Excluir

Não estamos mais em 1968.