quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Phoebe in Wonderland


Miss Dodger (to Phoebe): At a certain part in your life, probably when too much of it has gone by, you will open your eyes and see yourself for who you are. Especially for everything that made you so different from all the awful normals. And you will say to yourself, "But I am this person". And in that statement, that correction, there will be a kind of love.  


[MB]

12 comentários:

  1. Isso me lembrou um filme chamado O Guardião de Memórias. Eu super recomendo. Lindo o trecho, Milena. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo. E eu entendi tud, nem precisei do Google Translate, cofcof.
    Você que escreveu?

    ResponderExcluir
  3. Para amarmos os outros, antes temos que amar a nós mesmos. E isso só acontece quando passamos a nos conhecer, a ver o que nos torna especial.

    -
    Acho que era sobre isso que falava o texto, estou certa? KKK
    Meu curso de inglês ainda não fez muito resultado e o Google Tradutor não é melhor opção rs

    PS: seu blog é divino

    ResponderExcluir
  4. Jorge Ricardo de Barros Makul14 de outubro de 2010 21:34

    I also hope that at a certain moment in your life you open your eyes and see who loves you especially because you're unlike any other I've ever seen in my life your smile is lovely its look is the most brilliant crystals to one day I can really feel full and so with these words my heart just remove what was suffocating ...

    ResponderExcluir
  5. Thaís, esse trecho é do filme 'Phoebe in Wonderland'. Muito lindo, por sinal.
    É com a Elle Fanning, tão talentosa quanto a irmã Dakota.

    Obrigada pelos comentários.
    Um beijo,
    :*

    ResponderExcluir
  6. I totally agree.
    Eu quero ver o filme. Irmã da Dakota? Deve ser talentosa mesmo.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  7. Por que o amor próprio é o mais recíproco possível, o mais lindo possível e, vezenquando, o mais importante.

    Beijos, a namorada.
    PS: também quero ser jornalista, menina Monique. Já cursa?

    ResponderExcluir
  8. Oi Milena, vim agradecer a visita ao blog de Frida. Olha, eu gosto muito do filme, digo gosto, pois ainda assisto 4 vezes por ano com meus alunos.. E sempre percebo algo diferente, acerca da atuação da Salma eu gostei, mas é difícil dizer o qto se aproxima da real Frida.

    Volte sempre! Vc me encontra mais fácil aq: meuprojetopiloto.blogspot.com

    Qto ao texto, me tocou, acho q vou salvar.

    Bejos!

    ResponderExcluir
  9. não conheço o filme , mas amei o post, lindo!
    beijo

    ResponderExcluir

Não estamos mais em 1968.