domingo, 16 de outubro de 2011

E uma lágrima marcou o livro.

2 comentários:

Não estamos mais em 1968.