domingo, 4 de julho de 2010

Quando você chegou não houve nenhum acorde, arroubo, festivo, regozijos, gargalhadas, comemorações e eu senti o seu desapontamento através de um leve esgar.
Dentro de mim, preciso lhe contar, foi um verdadeiro sismo sintomático. De tão súbita a sua chegada, meu coração parou, minha respiração falhou e, quando tudo voltou ao normal, já não pude mais explicar...


(Milena Buarque)

8 comentários:

  1. Estômago borboleteando, né? Sei como é!

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. sempre vem de surpresa esse sentimento adorei=*

    ResponderExcluir
  3. Explicar pra quê? Tudo ficou no ar.

    ResponderExcluir
  4. Nao tenho nem o q. falar...
    Tê, amo. ;D

    ResponderExcluir
  5. Olá, participe de um super sorteio no meu blog, e concorra a um kit de tratamento para a face. É muito fácil, passa no Hady’s Blog leia os regulamentos e faça sua inscrição e boa sorte!!!
    http://www.hadassahsorvillo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ah, o amor...!

    Que amor esse blog, adorei!

    ResponderExcluir
  7. é exatamente isso que acontece comigo quando eu te vejo...
    fora as gargalhadas e tudo mais...

    ResponderExcluir

Não estamos mais em 1968.