segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Possível covardia.


As lágrimas, como tudo na vida, têm a possibilidade de escolher dois caminhos distintos.

Elas podem escorrer, cair em direção ao chão. Como se estivessem sendo atraídas por imãs ou algo mais belo fincado abaixo. Como se estivessem sendo chamadas, requisitadas por alguém. Elas pesam aos olhos e estes pequeninos não aguentam a pressão. Liberam-as.

A segunda alternativa seria voltar para o lugar de origem. Não sei ao certo, mas elas também podem retroceder. Não possuímos a chance de voltar na vida, mas as lágrimas, de alguma forma, e com a nossa ajuda, conseguem retornar e forjar uma fuga - nós estamos compactuando com isso. Que covardes (somos nós)!

Não sei se as minhas, neste momento (e talvez em outros, já que é rotineiro), se foram, buscando algo mais belo e mais digno que esta tristeza que me acomete; ou se elas retornaram para fingir que nunca existiram e colaboraram com instantes como esses.


Creio que elas retornaram.
Por que?
Ah, acho que elas retornaram porque não param de cair novamente. Tem mais delas... Sempre.
Não, elas não são covardes; são indecisas...
Ou maldosas.

Você pode escolher o ponto de vista. Já que como as lágrimas, você também possui dois caminhos...


(Milena Buarque)

5 comentários:

  1. Indecisa? Maldosas?
    Não! Não diga isso delas!
    Elas sempre existem em montes, como se fossem um mundo em globalização... Aspectos diferentes, dias diferentes, momentos... TUDO DIFERENTE, TODAS DIFERENTES. Não são as mesmas e nem escorrem no sentindo de nos maltratar, escorrem por uma tentativa, talvez inútil, de nos deixar um pouco melhor, um pouco mais livre de nosso pensares e pesares.
    Elas só querem ajudar.
    É assim que penso.

    *Me identifiquei com você. De verdade!

    Beijo e flores ;*

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. As lágrimas ante uma visão amargurada e outra otimista.

    Obrigada.
    Identifiquei-me com você também. Adorei seu comentário.

    Beijo,
    :*

    ResponderExcluir
  4. Bela, respire fundo.
    Veja como parte da vida.
    Tudo tem dois lados.
    E todos temos que passar por bons e maus momentos.
    Desejo que muito em breve, as lágrimas que escorrem por aí, sejam de muita alegria!

    Um beijão!

    ResponderExcluir
  5. O desafio da vida é saber fazer as escolhas certas pelos caminhos certos.

    ResponderExcluir

Não estamos mais em 1968.